Imagem card Quem Somos

Quem Somos

Somos os freis da Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do Brasil e temos como propósito frutificar o carisma agostiniano em terras brasileiras, através das nossas obras.

Santos
e Beatos

Santa Madalena de Nagasaki   
03 de janeiro

Imagem card Vida e Obra de Santo Agostinho

Vida e Obra de Santo Agostinho

Santo Agostinho (354-430), africano de nascimento e romano de cultura, é um patrimônio de santidade e cultura não só da Igreja, mas de toda a humanidade...

Toma e Lê Inspiração para meditar

“Quando esvaziares teu coração do amor terreno, começarás a enchê-lo do amor divino. (Tratado da carta de São João 2.8).”
- Santo Agostinho

Artigos

21out Imagem destaque da evento Pacto das Catacumbas pela Casa Comum
Pacto das Catacumbas pela Casa Comum
15out Imagem destaque da evento Dia Mundial da Alimentação: por uma alimentação saudável e sustentável
Dia Mundial da Alimentação: por uma alimentação saudável e sustentável
04out Imagem destaque da evento Sínodo da Amazônia: Novos Caminhos para a Igreja e para uma Ecologia integral
Sínodo da Amazônia: Novos Caminhos para a Igreja e para uma Ecologia integral

Notícias

21out
Sínodo para a Amazônia entra na última semana de trabalhos

A última semana de trabalhos dos Sínodo dos Bispos dedicado à região Pan-amazônica teve início nesta segunda-feira, 21 de outubro, com a apresentação  do projeto do documento final do Sínodo, pelo relator-geral, Cardeal Hummes durante a 14ª Congregação Geral, que contou com a presença do Papa Francisco.

Na segunda parte da manhã e no período da tarde novamente os Círculos Menores.

A reflexão proposta no início dos trabalhos sinodais nesta manhã de segunda-feira foi feita pelo arcebispo de Trujillo, Peru, Dom Héctor Miguel Cabrejos Vidarte.

O arcebispo peruano iniciou a sua meditação propondo o Salmo 110,22: “Bendigam ao Senhor todas as suas obras”. O Papa Francisco escolheu como início de sua Encíclica Laudato Si, a poesia do Cântico do Irmão Sol. O Papa também confiou a São Francisco este Sínodo, nos jardins do Vaticano, no dia 4 de outubro. É por isso que convido vocês a percorrer uma parte do caminho espiritual de São Francisco, disse dom Vidarte.

Francisco substitui a beleza medieval, reservada apenas aos poderosos, com a beleza destes últimos, no tocar e beijar o leproso. Esta oração, composta no Monte Averna, nos diz que o Deus de Francisco não é mais um Deus guerreiro, mas o Deus sofredor, o Deus que padece e compadece a dor do ser humano, ferido pela mortalidade. Embriagado pelo encontro com o Deus da ternura, Francisco está sempre pronto a louvar o Senhor.

Não há nuvens que possam obscurecer a dignidade da pessoa, prodígio de Deus; não há nuvens que obscureçam o valor da vida, maravilha de Deus; nem nuvens que ameacem o dom dos irmãos, que o perdão pode fazer brilhar. Sim, porque para Francisco a beleza não é uma questão de estética, mas de amor, de fraternidade a todo custo, de graças a todo custo. Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento, pelo ar e pelas nuvens, pelo sereno e todo tempo... Tu és beleza! Conhecer o Sumo Bem, reconhecer seus benefícios e devolver ao Sumo Bem o louvor (conhecer, reconhecer e retribuir), são os verbos que marcam o ritmo do caminho espiritual de São Francisco de Assis. O Deus conhecido por Francisco é o todo: meu Deus e meu tudo. Deus et Omnia é repetido por Francisco no seu louvor ao Deus Altíssimo, Deus todo em todos. (1º Cor 15,28).

Francisco se refere ao Salmo 110,22: "Bendizei ao Senhor por todas as suas obras" e ao Salmo 18,2: "Os céus narram a glória de Deus. Também os qualificadores: belo, radiante, claro, precioso, expressam as qualidades divinas que tornam as criaturas aptas a ajudar o homem que, tendo pecado, é incapaz de um louvor digno.

Os louvores do Senhor feitos por São Francisco e que começam: "Altíssimo, Todo-Poderoso, Bom Senhor", o título: Cântico do Irmão Sol, que é a criatura mais bela. Pela manhã, quando o sol nasce, todo homem deveria louvar a Deus, que criou aquela estrela, pela qual nossos olhos são iluminados durante o dia. E à tarde, ao cair da noite, todo homem deveria louvar a Deus por aquela outra criatura: o irmão Fogo, por quem os nossos olhos são iluminados durante a noite”.

Ele ainda diz: "Somos todos como cegos e o Senhor ilumina os nossos olhos através destas duas criaturas. Por elas e por as outras criaturas, que usamos todos os dias, devemos sempre louvar o Criador glorioso”. São Francisco descobre em Deus o lugar da Criação, devolve a Criação a Deus, vê Deus em todas as coisas e ousa chamá-las irmãs. Ele é o irmão universal (cf. LS 11), porque vê em Deus não só o Pai de todos, mas o Pai de todas as coisas.

20out
Frei Leandro participa do 5ª Seminário Nacional de Religiosos Irmãos

A Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), realizou o 5º Seminário de Religiosos Irmãos, em Fortaleza (CE), entre os dias 17 e 20 de outubro. O evento reuniu mais de 100 participantes de 30 Congregações Religiosas. O Frei Leandro Santos de Carvalho representou a Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do Brasil. O Seminário teve como tema "Plenamente humano, simplesmente irmão", e lema "Maria, peregrina na fé (Cf. LG 58)". Oportunidade de encontro, estudo e principalmente de cultivo da Vida Fraterna entre os religiosos.

Na abertura do evento, a Presidente Nacional da CRB, Irmã Maria Inês Vieira Ribeiro, ressaltou que o encontro teve como objetivo central "aprofundar a maturidade do Religioso Irmão à luz do ser de Maria”. “É preciso fazer a travessia com Maria na simplicidade, pois nós não nascemos simples, nascemos complicados, então, é preciso descomplicar".

A programação do evento contou também contou com momentos de partilha da vida em pequenos grupos, considerando a variedade de carismas, culturas e missão. Além de orações, celebrações e aprofundamento da temática do seminário.

19out
Resumo de notícias sobre o Sínodo para a Amazônia

Entre os dias 6 e 27 de outubro, a Igreja Católica realiza em Roma o Sínodo para a Amazônia - uma assembleia geral de bispos, cardeais e especialistas para tratar de temas relativos à Amazônia, ressaltando as questões teológicas e pastorais da região. As temáticas do Sínodo têm como foco: o desenvolvimento predatório, a invasão das terras indígenas, desmatamento e grilagem, mineração e a violência sofrida pelas populações da floresta amazônica. 

Confira as principais notícias:

Especial Direito Ambiental na Amazônia

Fontes: Vatican News e Dom Total

Abertura do Sínodo

“Muitos irmãos e irmãs na Amazônia carregam cruzes pesadas e aguardam pela consolação libertadora do Evangelho, pela carícia de amor da Igreja. Por eles, com eles, caminhemos juntos”, disse o Papa Francisco na missa de abertura da Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Região Pan-Amazônica, celebrada na manhã de domingo, dia 6 de outubro, na Basílica de São Pedro.

- Leia a homilia aqui: https://bit.ly/2oiZ2VO

Imagem card Vocações

Vocações

Assim como Santo Agostinho, encontre em Jesus o sentido da vida.

O nosso Vicariato investe em uma formação de excelência para os candidatos à vida religiosa e ao sacerdócio. Essa promoção de novas vocações se dá pelo esforço e preocupação de muitos religiosos, em especial os mais jovens, que buscam ser testemunhas alegres que despertem e animem outros jovens a se juntarem a nós nessa aventura de fé e amor a Deus.

Imagem card Nossas Obras

Nossas Obras

Nos dedicamos as nossas obras com muita generosidade e determinação.

Além das "obras históricas" e de assistência social e promoção humana, nos dedicamos à formação de novos frades, assessorias de pastorais e movimentos populares e de grupos e pastorais ligadas à promoção dos direitos humanos, da justiça e paz.

Mapa do Site