Os Agostinianos

 

A ORDEM DE

SANTO AGOSTINHO

     

Santo Agostinho ocupa, entre os fundadores da vida religiosa, um posto realmente brilhante. Após sua conversão resolveu servir a Deus com seus amigos. tendo retornado à África, organizou a vida religiosa "conforme a regra estabelecida pelos Apóstolos", primeiro na cidade de Tagaste como leigo, depois como sacerdote, em Hipona. Sobre asólida base de Santo Agostinho e seu Regra, a Sé Apostólica, no século XIII, instituiu nossa Ordem partindo da União de vários grupos eremíticos, com generosa disposição colocou-a entre as Ordens de pobreza evangélica ou fraternidade apostólica ao serviço da Mãe Igreja e confirmou-a no dia 09 de abril de 1256 sob o título de Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho". O título de Eremitas converteu-se pouco a pouco em sinônimo de Agostinianos; por isso nossa Ordem denomina-se "Ordem dos Irmãos de Santo Agostinho" e designa-se com a sigla OSA ( Ordem de Santo Agostinho). 

O ideal agostiniano estendeu-se a outras partes da África e Europa. Em 1244, sob o patrocínio da Santa Sé, reuniram-se os eremitas numa única Ordem. Começou assim a história da Ordem de Santo Agostinho. Em 1256, o Papa Alexandre IV deu um novo impulso à Ordem fundada na Itália, através da bula "Licet Ecclesiae cathilicae", à qual foram unidas várias ordens e congregações. E daí a Ordem cresceu e chegou até as Américas e Ásia, sendo novamente reimplantada na África.

NOSSO ESCUDO

  • O Coração em chamas: expressa todo amor de Agostinho por Deus, sua paixão ardente pelas coisas do Reino de Deus, sua busca incansável da verdade, que tanto desejava encontrar. "Como eu ardia, ó meu Deus, em desejar voar para ti, abondonar as coisas terrenas...!"( S. Agostinho)
  • A Flecha: representa o amor de Deus que invandiu seu coração: "transpassaste meu coração e eu te amei." ( S. Agostinho)
  • Livro aberto: É a Palavra de Deus ( Bíblia) que é tão importante para todos os cristãos. Foi nela que Agostinho encontrou as forças para sua conversão e entrega total a Deus.  O livro representa também a busca pela sabedoria.

O FUNDAMENTO DA ORDEM

"O fundamento da vida agostiniana é a vida comum, na qual todos os Irmãos, doando-se a si mesmos, constroem o caminho para Deus enquanto servem aos demais, comunicando-lhes todos os seus bens e aperfeiçoando-se por sua vez a si mesmos com o dom da graça divina. Assim reflete-se o mistério trinitário e eclesial na vida dos Irmãos e estes pregustam, já na terra, o que desejam gozar finalmente na casa do Pai" (Const. 6).

FINALIDADE

O fim da Ordem consiste em que, unidos concordemente em fraternidade e amizade espiritual, busquemos e honremos a Deus e trabalhemos para o serviço de seu povo.Deste modo, participamos na obra da evangelização da Igreja, levando a Boa Nova "a todos os grupos humanos, para que, ao transformá-los interiormente por sua própria eficácia, torne nova a própria humanidade". Este é nosso principal testemunho (Const. 13).

OS RAMOS

A Ordem é composta pelos Frades Agostinianos, Monjas Agostinianas e Fraternidades Seculares e leigos afiliados.

A ESTRUTURA DA ORDEM

- Supremo governo: Capítulo Geral

- Governo participativo: capítulos provinciais, vicariais e locais

- Unidades maiores: Províncias

- Unidades menores: Vicariatos e Delegações

- Casa ou comunidade: unidade básica da vida fraterna

PERTENÇA À ORDEM

- Incorporação à Ordem: pela profissão religiosa ao Prior Geral da Ordem

- Afiliação a uma Província ou Vicariato

- Adscrição a outra circunscrição que não à própria

- Assignação a uma Casa

CIRCUNSCRIÇÕES

01 Cúria Geral

01 Collegio Internazional (Santa Mônica)

22 Províncias de Regime Ordinário

05 Províncias de Regime Suspenso

15 Vicariatos

09 Delegações

446 Casas (conventos, comunidades)

 

PRESENÇA NO MUNDO 

AGOSTINIANOS NO MUNDO - CLICK PARA VER MAPA MUNDI

No decorrer dos mais de 750 anos de história da Ordem, nos fizemos presentes em muitas Nações e Missões.

 ÁFRICA

Quênia, Tanzânia, Congo, Nigéria, Guiné Equatorial e Argélia.

AMÉRICAS
Canadá, Estados Unidos, México, El Salvador, Nicarágua, Costa Rica, Cuba, República Dominicana, Porto Rico, Panamá, Colômbia, Venezuela, Equador, Perú, Bolívia, Brasil, Chile, Argentina e Uruguai. Também temos uma represenção não governamental na sede da ONU.

ÁSIA
Indonésia, Índia, Coréia, Papua Nova Guiné, Filipinas e Japão.

EUROPA
Itália, Espanha, França, Alemanha, Bélgica, República Tcheca, Holanda, Inglaterra, Escócia, Irlanda, Malta, Polônia e Aústria.

OCEANIA
Austrália

A ORDEM EM NÚMEROS

-15 Bispos

-2016 Frades Presbíteros votos solenes

- 08 Frades Diáconos permanentes

- 183 Frades não Presbíteros votos solenes

- 67 Frades estudantes votos solenes

- 04 Frades Presbíteros votos temporários

- 01 Frade não Presbítero votos temporários

-388 Frades estudantes votos temporários

- 01 Frade Noviço Presbítero

- 102 Noviços

- 01 Oblato

TOTAL - 2786 RELIGIOSOS

( Dados de 2010)

O IDEAL AGOSTINIANO

Após a conversão e o batismo, em Milão, Santo Agostinho regressou à sua terra natal, Tagaste, na África e, junto com seus amigos, vendeu seus bens e iniciou um novo estilo de vida, através do estudo e da oração, consagrando-se como "servo de Deus".

Ordenado sacerdote em 391, Agostinho organizou em Hipona um mosteiro para sua comunidade de irmãos. Mais tarde escreveu a Regra, inspirada na primitiva comunidade cristã de Jerusalém: "Antes de tudo, vivei unânimes em casa e tende uma só alma e um só coração orientados para Deus". (Reg I,2).Quando foi consagrado bispo de Hipona, preferiu residir na casa episcopal, mas vivendo em comunidade com os seus clérigos. Mais tarde formaram, dentro da cidade, um mosteiro para mulheres, constituindo, assim, três formas de vida religiosa agostiniana: masculina, tanto para religiosos leigos, como religiosos clérigos e feminina, para religiosas.

  A ORDEM NO BRASIL

 

Em 1693, os Agostinianos Reformados de Portugal chegam a Salvador na Bahia, aí permanecendo até 1824. A implantação definitiva dos Agostinianos no Brasil se deu, porém, em 1899, com a vinda dos Agostinianos espanhóis das Filipinas, os quais se estabeleceram em São Paulo e abriram missões no Amazonas e em Goiás, além de outras frentes em São Paulo, Minas Gerais e Paraná.
Sucessivamente chegaram outros grupos procedentes da Espanha: os Agostinianos da Província Matritense, conhecidos como Agostinianos do Escorial (1929), do qual se originou nosso Vicariato Nossa Senhora da Consolação do Brasil, e os Agostinianos de Castela (1933). Em 1962 vieram os Agostinianos de Malta. Hoje a presença agostiniana encontra-se disseminada pelos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Goiás e Mato Grosso.

No início, estabeleceram obras tradicionais como paróquias, missões e colégios, assumindo, pouco a pouco a caminhada da Igreja do Brasil, com muita generosidade e dedicação. Atualmente, além das "obras históricas" e de assistência social e promoção humana, dedicam-se à formação de novos frades, assessorias de pastorais e movimentos populares e de grupos pastorais ligados à promoção dos direitos humanos, da justiça e paz.

A partir de 2013, com a determinação do Capítulo Geral, houve a criação da Província Agostiniana do Brasil, com a fusão de três circusncrições. Permanecendo assim a presença da Ordem no Brasil através de nosso Vicariato Nossa Senhora da Consolação e da Província do Brasil.

 

Últimas Notícias

Aconteceu