Assembleia Vicarial reflete sobre história e identidade Agostiniana

Compartilhe

Durante a Assembleia semestral do Vicariato Agostiniano Nossa Senhora da Consolação do Brasil, realizada em Mendes (RJ), entre os dias 3 e 7 de junho, foi feito um resgate histórico da primeira década de presença dos Agostinianos no Brasil e a uma reflexão sobre a identidade da Ordem e o projeto de vida das comunidades religiosas Agostinianas.

O Frei Luiz Antônio contextualizou a primeira década apresentando imagens, comentando fatos históricos e curiosidades sobre como foi a chegada no Brasil, como viviam os primeiros missionários que vierem da Privíncia do Escorial/Matritense, na Espanha, para o Brasil em 1929. Também fez uma retrospectiva história das décadas seguintes. Este ano celebramos 90 anos de presença Agostiniana no Brasil e, em 2029, 100 anos.

Também foi apresentada a exposição de fotos 80 anos de presença dos Agostinianos no Brasil, com várias imagens das paróquias, das escolas, dos freis e da vida em comunidade.

O Frei Arthur Vianna apresentou uma reflexão sobre a identidade da Ordem Agostiniana e falou sobre o projeto de vida das comunidades religiosas.

Foram apresentados, também, os trabalhos e projetos desenvolvidos nas áreas de educação, obras sociais, paróquias, casas de formação, missão, estudos e o planejamento das atividades, pelo Vicariato e a Sociedade Inteligência e Coração (SIC).

A programação da Assembleia será encerrada na sexta dia 7, com uma viagem pelos caminhos dos pioneiros Agostinianos que chegaram ao Brasil em 1929, vindos do Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial, na Espanha, para iniciar a missão na região de Mendes (RJ). Os freis passarão por lugares significativos, como o Santuário Santa Terezinha do Menino Jesus - primeira capela administrada pelos Agostinianos do Escorial. Depois serão recebidos na Cúria Diocesana, por Dom Nelson Francelino Ferreira, bispo de Valença.

 

Atualidades

Aconteceu